quinta-feira, 9 de junho de 2016

Os Miseráveis - Victor Hugo


Sinopse: A riqueza imagística e formal de sua lírica fez de Victor Hugo o maior poeta francês, e um dos seus mais importantes prosadores. Hugo produziu várias obras-primas, em verso e prosa. Seu monumental romance épico Os Miseráveis (2 volumes), publicado ainda quando estava no exílio, em 1862, foi um dos maiores acontecimentos literários da época, e continua a encantar leitores de todo o mundo. Romance social marcado por uma vasta análise de costumes da França do século XIX, Os Miseráveis revela uma grande complexidade tanto sob o ponto de vista da escrita como da própria trama ficcional, misturando realismo e romantismo. A obra é uma poderosa denúncia a todos os tipos de injustiça humana. Narra a emocionante história de Jean Valjean — o homem que, por ter roubado um pão, é condenado a dezenove anos de prisão, até a sua morte iluminada pelo sofrimento.Os Miseráveis é um livro inquietantemente religioso e político


Olá turma, como vocês estão? Hoje, como a minha primeira resenha, trago para vocês um calhamaço que foi super desafiador para mim. Trata-se do Livro Os Miseráveis, do Escritor Victor Hugo. Espero que vocês curtam .

RESENHA: Este lindo e grande calhamaço é dividido em 5 partes. É na França do século XIX que se passa essa incrível história. Entre os grandes acontecimentos: em 1815 que aconteceu a batalha de Waterloo, que representou o fim do sonho imperialista de Napoleão Bonaparte e os motins de em Paris no mês de junho de 1832, quando estudantes republicanos tentaram, em vão, derrubar o regime do rei Luís Filipe I.
A partir daqui se resulta etapas da vida de Jean Valjean, que é um homem condenado que foi liberto até sua morte. Ao redor de Jean, existirá alguns personagens que dará nomes para as variações do romance.
Os Miseráveis inicia com a história de Jean Valjean, um pai de família que foi condenado a trabalhas forçados por roubar um pão para saciar a fome de sua família. E por causa desse fato ele foi condenado a 19 anos de prisão. E ao receber a liberdade Jean carrega uma grande carga por ser ex-detento, pois, essa será a carga que deverá carregar por toda a vida. E com esse histórico de ex-detento, ele vai se deparar, com uma sociedade que não te dará nenhum apoio e todas as portas estarão fechadas para ele. E assim, a sua vida não será nada fácil. Quando Jean se ver totalmente perdido, sem nenhuma perspectiva de vida, ele encontrará uma pessoa que lhe abrirá a porta de sua residência, que será o Bispo de Digne, Monsenhor Bienvenu. É muito difícil para Jean ter uma vida digna depois de 19 anos preso, pois sua imagem, foi totalmente afetada perante a sociedade.
Ao decorrer de sua moradia na casa do Bispo Jean comete dois delitos, situações essas que ele poderá retornar para a prisão. Porém, quando Jean e abordado pelos policiais junto com os objetos furtados, o Bispo consegue livrar Jean daquela situação. Jean Valjean percebe o quão bom e generoso o Bispo é com ele, que o faz mudar, se sentido tocado com a situação ele se tornaria um homem novo.
Ao decorrer da história, Jean Valjean assumirá uma nova identidade, e passando assim a se chamar Sr. Madalene, que terá uma fábrica. Durante esse período conheceremos Fantine, uma linda jovens que foi abandonado com um filho pelo seu namorado. Ele deixou a sua filha com o casal Thénardier, e foi aventurar um emprego na fábrica de Sr. Madalene, mas Fantine tinha que enviar dinheiro para esse casal cuidar de sua filha. Porém ela estava sendo explorada, pois, o casal sempre pedia mais dinheiro. Enfim Fantine consegue o emprego na fábrica, continua assim mais e mais exploração do casal que cria a sua filha apenas 2 anos de idade. Porém, quando é descoberto que Fantine tem uma filha, ela perde o emprego, e ela fica desesperada, pois, precisa mandar dinheiro para o casal que cuida de sua pequena filha Cosette, por esse motivo Fantine se dispõe a trabalhos cada vez mais humilhantes, so para atender as explorações do casal. O que Fantine não sabe, é que a sua filha e explorada e maltratada pelo casal de cuidadores. Pois eles tem a.menina como.uma fonte de renda. Essa vida dificil de Cosette vai até os 8 anos de idade, quando acontece um grande acontecimento.
No período que Fantine trabalhava na fábrica ela é e Madalene tiveram.uma aproximação. E assim ela contou um pouco de sua história para ele. E ele a prometeu, se caso acontecesse algo com ela. Ele Madalene tomaria conta de Cosette a filha de Fantine. E com um tempo depois, Fantine veio a faleceu e como Jean havia prometido. Ele foi na cidade onde a família Thénardier morava, para buscar a filha de Fantine. Jean passou a criar Cosette e a considerá-la como filha, dando-lhe carinho e amor paterno. O tempo se passa e Cosette cresce e conhece o jovem Marius Pontmercy. Assim, toda a alegria e a segurança que Jean sente se veem ameaçadas pelo amor que surge entre os jovens. E assim segue a história. Marius e seus amigos se organizam e criam um montim e montam uma barricadas nas ruas de Paris e resistem à guarda francesa bravamente.
Jean descobre o verdadeiro amor que consiste entre Cosette e Marius e teme que o rapaz nao resista no motim; Valjean parte para as barricadas com a missão de salvar a vida do rapaz. Ao fim, o motim é posto a baixo e uma grande parte dos estudantes é morto, tornando as ruas de Paris um mar sangue; com muito esforço, Valjean consegue salvar Marius, e depois falece. Por fim, os dois jovens se casam. 
Melhor parar por aqui, para não rolar uns spoiler.

Espero que vocês tenham o prazer de ler este livro como eu tive.

8 comentários:

  1. Ainda não li. Mas ele já vai para minha lista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia Janaina, pois, é uma excelente leitura

      Excluir
  2. Ainda não li tenho interesse, se possível tem como enviar a sinopse desse livro pelo zap? Passa aê seu zap que add aqui

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li tenho interesse, se possível tem como enviar a sinopse desse livro pelo zap? Passa aê seu zap que add aqui

    ResponderExcluir
  4. Quero muito ler esse livro, sonho de consumo!!!

    ResponderExcluir
  5. Por enquanto eu só li a adaptação e já achei muito bom. Imagine quando eu puder ler na íntegra. Amo!

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Oxente Literário . voltar ao topo